Redes Sociais

twitter facebook

'EL CLÁSICO' DESNIVELADO, MOURINHO MAIS FORTE QUE MARCO,

'EL CLÁSICO' DESNIVELADO, MOURINHO MAIS FORTE QUE MARCO,

Mensagempor Jo@o_M@ri@ em 29 Oct 2018, 18:21

https://thumbs.web.sapo.io/?epic=Nzg0VH7/LwX4xfjSvi/Ro2aGWwt0HI7ldK1vY2EXP0qCL93VJ5Ymi/QPR+qRB07vmVp04gvOYbHW7dK0w5rDgOZeXrMhIBmpaJdC2ZKSdwo/JSA=&W=650&H=0&delay_optim=1

'EL CLÁSICO' DESNIVELADO, MOURINHO MAIS FORTE QUE MARCO, E CR7 A FAZER DAS SUAS. ASSIM FOI O FIM DE SEMANA LÁ FORA

Saiba o que se passou nas principais ligas europeias, com destaque para as equipas onde atuam portugueses.

Fim de semana de emoções fortes nas principais ligas europeias. A começar pelo clássico entre Barcelona e Real Madrid, em Camp Nou, onde a equipa catalã ‘atropelou’ os ‘merengues’ (5-1), isolando-se no comando da Liga espanhola e agudizando a crise do eterno rival, nono classificado, já a sete pontos.

Sem o ‘astro’ argentino, que sofreu uma fratura no braço direito e deverá ficar fora dos relvados pelo menos três semanas, foi o uruguaio Luiz Suárez a brilhar, com três golos marcados aos 30 minutos, de penálti, 75 e 83. Phillipe Coutinho e Vidal completaram a goleada, com Marcelo a fazer o golo de honra dos ‘merengues’.

A um ponto de distância do Barcelona encontra-se o surpreendente Alavés, que venceu o Villarreal por 2-1. Seguem-se, também a um ponto, o Atlético de Madrid, que bateu a Real Sociedad (2-0) sem Gelson Martins, e o Sevilha, de André Silva e Daniel Carriço, que se impôs ao lanterna vermelha Huesca por 2-1, com ‘bis’ de Pablo Sabaria (65 e 78), de nada valendo o tento tardio de Jorge Pulido (90+3) para a equipa de Rúben Semedo, que nos últimos 10 jogos empatou dois e perdeu oito.

Mourinho vence e ultrapassa Marco

Em Inglaterra, o Manchester United de José Mourinho, regressou aos triunfos, com os ‘red devils’ a vencerem em casa o Everton (2-1), do também português Marco Silva, em jogo da 10.ª jornada. André Gomes foi titular nos ‘toffees’, ao passo que Diogo Dalot, lesionado, ficou fora das opções nos ‘red devils’.

O triunfo permitiu o United ultrapassar o Everton na tabela, passando a ser oitavo, com 17 pontos, e os ‘toffees’ nonos, com 15, os mesmos pontos do Wolverhampton, de Nuno Espírito Santo, que no sábado perdeu em casa do Brighton. Os ‘Wolves’ contaram com Rui Patrício, Ruben Neves, João Moutinho e Hélder Costa a titulares, e aos 61 minutos ainda entraram Diogo Jota, para o lugar do ‘benfiquista’ Raúl Jimenez, e Ivan Cavaleiro.

Na frente da Premier League está o Liverpool, com mais dois pontos do que o Chelsea, que hoje goleou na visita ao Burnley (4-0). O campeão Manchester City ainda pode igualar os ‘reds’ na liderança, se vencer esta segunda-feira em casa do Tottenham. Já o Arsenal empatou na visita ao Crystal Palace (2-2) e pôs fim a uma série de 11 vitórias consecutivas.

Juventus cada vez mais isolada e CR7 a fazer das suas

Depois da vitória por 1-0 na visita a Old Trafford, para a Liga dos Campeões, a Juventus venceu o Empoli por 2-1, depois de ter estado em desvantagem, com os dois golos da reviravolta a serem assinados por Cristiano Ronaldo.

A equipa de Turim é cada vez mais líder, com 28 pontos, mais seis do que o Nápoles, que este domingo empatou com a Roma (1-1). O internacional português Mário Rui foi titular na defesa napolitana, a lateral esquerdo, e fez o jogo todo. Em terceiro e quarto estão Inter e Lazio, que se defrontam esta noite.

Destaque ainda para o regresso do AC Milan às vitórias, com 3-2 na receção à Sampdoria, em San Siro. Com este resultado, os milaneses deram um 'pulo' assinalável na tabela, passando de 13.º para sétimo, com os mesmos 15 pontos do quinto classificado, que é a Fiorentina, e ainda têm um jogo em atraso.

O Parma, com o central português Bruno Alves no ‘onze’, perdeu por 3-0 em casa da Atalanta, e partilha o nono lugar com o Génova e o Torino, com 13 pontos.

Mbappé de castigado a herói no Vélodrome


Mbappé precisou de três minutos em campo para desbloquear o difícil triunfo do Paris Saint-Germain por ‘enganador’ 2-0 em Marselha, que mantém o campeão francês com oito pontos de avanço à 11.ª jornada da Ligue 1.

O jovem começou no banco de castigo (assim como Rabiot) por ter chegado atrasado à palestra de Thomas Tuchel, antes da partida no Vélodrome, mas acabou por revelar-se fundamental para o triunfo dos parisienses – Draxler fechou as contas.

Com este resultado, o PSG passou a somar 33 pontos, mais oito do que o Lille, que no sábado bateu o Caen com um golo solitário de Rafael Leão. José Fonte e Xeka foram titulares pelo Lille, com Rui Fonte a entrar aos 67 minutos para o lugar de Leão.

O Montpellier, com Pedro Mendes a central, subiu a terceiro, após ganhar por 3-0 em Toulouse. E para quarto, com 20 pontos, vai o Lyon, de Anthony Lopes, vencedor por 2-1 em Angers.

Quanto ao Mónaco, que iniciou a época comandado por Leonardo Jardim (entretanto dispensado para dar lugar a Thierry Henry), empatou na receção ao Dijon, 2-2, e 'agoniza' em penúltimo, com os mesmos pontos que o último classificado, que é o Guingamp.

Bayern pressiona Dortmund

Depois de seis vitórias consecutivas, quatro na Bundesliga e duas na Champions, o Borussia Dortmund, com Raphaël Guerreiro a titular, perdeu os primeiros pontos no campeonato, ao consentir um empate já nos descontos, diante do Hertha Berlim.

Quem aproveitou este deslize para se aproximar do líder foi o Bayern Munique, adversário do Benfica no Grupo E da Champions, ao vencer na visita ao Mainz (2-1), num jogo em que Renato Sanches entrou aos 55 minutos, com o resultado em 1-1. As duas equipas estão agora separadas por dois pontos.

Outra das surpresas da nona jornada – sobretudo por estarem em confronto equipas em partes distintas da tabela – foi a derrota do Werder Bremen em casa pelo Bayer Leverkusen, por 6-2. A equipa de Bremen situava-se nos lugares cimeiros, mas caiu para a quarta posição, ultrapassado pelo Bayern, que subiu ao segundo lugar. Já a equipa de Leverkusen vê-se afastada da zona de perigo de descida de divisão.

Já o Leipzig, com o português Bruma a entrar na parte final, empatou sem golos com o Schalke 04, adversário do FC Porto na Champions, resultado que permitiu à equipa de Gelsenkirchen manter-se fora da despromoção.

In SapoDesporto
Avatar do Utilizador
Jo@o_M@ri@
Administrador
Administrador
 
Mensagens: 48324
Registado: 29 mai 2015, 23:37

{ SO_SELECT }

{ SHARE_ON_FACEBOOK } Facebook { SHARE_ON_TWITTER } Twitter { SHARE_ON_ORKUT } Orkut { SHARE_ON_MYSPACE } MySpace

Voltar para Ligas Internacionais

Quem está ligado:

Utilizador a ver este Fórum: Nenhum utilizador registado e 1 visitante