Redes Sociais

twitter facebook

CRÓNICA | Eficácia beirã arruma com moral do Rio Ave

CRÓNICA | Eficácia beirã arruma com moral do Rio Ave

Mensagempor Jo@o_M@ri@ em 15 set 2019, 18:39

https://www.zerozero.pt/wimg/n262845b/cronica-eficacia-beira-arruma-com-moral-do-rio-ave.jpg

O Tondela venceu o Rio Ave por 2x4 em Vila Conde e ainda não perdeu fora nesta edição da Liga NOS. A equipa treinada por Natxo González foi de uma eficácia tremenda, enquanto que os vilacondenses colecionaram oportunidades falhadas, e esvaziaram a moral ganha com o triunfo em Alvalade. Os beirões apresentaram-se em Vila do Conde com um surpreendente 3x4x3 e o Rio Ave demorou a encaixar nisso. Quando Carvalhal pegou no quadro para explicar o que queria já tinha levado dois golos.

https://www.zerozero.pt/img/galerias/originais/840/606840_ori_liga_nos_rio_ave_x_tondela.jpg

Pité, logo aos cinco minutos, aproveitou o trabalho de Deni Júnior na área para bater Kieszek pela primeira vez. Os beirões tinham a lição bem estudada e não demoraram para fazer o segundo golo por Deni Júnior. O brasileiro foi descoberto por Pepelu na profundidade e não vacilou na cara do guarda-redes vilacondense. O 'Time-Out' improvisado que relançou o jogo O Rio Ave entrou no jogo a partir da meia de hora de jogo e em menos de cinco minutos colocou a defesa do Tondela em sentido com o cabeceamento de Bruno Moreira e Tarantini, ambos ao lado. Cláudio Ramos foi chamado à ação num livre de Nuno Santos superiormente batido.

https://www.zerozero.pt/img/galerias/originais/848/606848_ori_liga_nos_rio_ave_x_tondela.jpg

A pressão da equipa de Carlos Carvalhal deu frutos no último lance da primeira parte: Tarantini, com um remate em zona frontal, concluiu de forma eficaz um lance de insistência dos 'verdes-e-brancos'. Erros repetidos e mais golos sofridos Depois de ter terminado a primeira parte a deixar o Tondela a sofrer, o Rio Ave entrou no segundo tempo da mesma forma, mas o caudal ofensivo não chegou nem para marcar, nem para colocar à prova Cláudio Ramos. A equipa de Natxo González soube aguentar para depois 'matar': Jonathan Toro antecipou-se a Aderllan Santos, e de cabeça fez o terceiro golo dos beirões, que, cinco minutos depois, aos 62 minutos, fizeram o 1x4 por Deni Júnior e o jogo 'acabou', apesar de ainda haver meia hora. Nesse período, o Rio Ave continuou a ter mais bola e mais ocasiões de golo, mas a 'mira' dos vilacondenses esteve desalinhada: Diego Lopes, Matheus Reis e Ronan tiveram o golo tão perto, mas não acertaram na baliza. Maior eficácia teve Bruno Moreira que reduziu de cabeça a seis minutos do fim, depois do cruzamento de Nuno Santos.

Positivo

https://www.zerozero.pt/img/geral/371425_med_.jpg.jpg

Negativo

https://www.zerozero.pt/img/geral/371426_med_.jpg.jpg

Defesa verde pouco madura
Quatro golos sofridos em cinco grandes oportunidades do Tondela é um sinal de alarme para o Rio Ave. O caos defensivo dos homens de Carlos Carvalhal começou logo aos cinco minutos.

O Árbitro

Texto retirado do zerozero.pt
Avatar do Utilizador
Jo@o_M@ri@
Administrador
Administrador
 
Mensagens: 48257
Registado: 30 mai 2015, 00:37

{ SO_SELECT }

{ SHARE_ON_FACEBOOK } Facebook { SHARE_ON_TWITTER } Twitter { SHARE_ON_ORKUT } Orkut { SHARE_ON_MYSPACE } MySpace

Voltar para Rio Ave Futebol Clube

Quem está ligado:

Utilizador a ver este Fórum: Nenhum utilizador registado e 1 visitante