Redes Sociais

twitter facebook

Rio Ave-V. Guimarães, 1-1 (destaques)

Rio Ave-V. Guimarães, 1-1 (destaques)

Mensagempor Maria Coelho em 08 set 2019, 17:29

https://www.iol.pt/multimedia/oratvi/multimedia/imagem/id/5d7521940cf29cb482850314/960

Um irrequieto Mané e um especial André Almeida

A FIGURA: Carlos Mané

Foi, entre aspas, traído com a expulsão de Borevkovic, que fez Carlos Carvalhal tirá-lo de jogo para reforçar o setor defensivo. Até aí, em cerca de uma hora de jogo, foi dos elementos mais incansáveis em campo. Com a sua qualidade individual, ajudou o Rio Ave a ser perigoso no ataque. Exemplo disso é a jogada perante Venâncio, para o cruzamento que assistiu Bruno Moreira para o 1-0.

O MOMENTO: André Almeida com cabeça para um empate especial (45m)

O V. Guimarães viu-se a perder ao minuto 41, mas respondeu prontamente ao golo de Bruno Moreira na mesma moeda: de cabeça. André Almeida desequilibrou as marcações defensivas ao aparecer de rompante na área, desviando o cruzamento de Sacko, após jogada deste com João Carlos Teixeira na ala direita. Precioso, em cima do intervalo. E especial: estreia a marcar pelos seniores, aos 19 anos.

OUTROS DESTAQUES

Bruno Moreira: no meio de um setor defensivo bem povoado, o avançado português de 32 anos batalhou e deixou a sua marca pessoal, num lance digno de avançado: baixou-se ligeiramente e voou para um golo vistoso de cabeça, aos 41 minutos, o seu primeiro da época.

André Almeida: terceiro jogo na Liga, segunda titularidade, primeiro golo com a equipa principal do Vitória de Guimarães. O médio de 19 anos deu luta a meio campo, é verdade que nem sempre conseguiu travar alguma maior raça dos médios mais experientes do Rio Ave a meio campo, mas deixou marca no jogo. Aos 45 minutos, apareceu como se pede a um avançado na área, para desviar de cabeça o cruzamento de Sacko e guardar um momento marcante na carreira.

Nuno Santos: atrevido pelas alas, tal como Carlos Mané, lançou o desequilíbrio para o primeiro golo do jogo, o do Rio Ave. Os cruzamentos para a área e os lances individuais deram que fazer a Sacko e Florent.


Rafa Soares: em funções mais ofensivas, acentuou a sua presença na área contrária, sobretudo após a expulsão de Borevkovic e foi dos mais rematadores. Ficou perto de dar a vitória aos minhotos, mas teve um Kieszek eficaz na baliza.

Kieszek: fica a ideia que podia ter tido um melhor enquadramento para negar o 1-1, mas seria depois o grande responsável por manter o empate no jogo após a expulsão de Borevkovic. O V. Guimarães aperto o cerco à baliza nos últimos minutos e o guardião polaco encheu as redes ao negar o 1-2 por duas vezes a Rafa Soares e, pelo meio, num desvio de João Pedro.

In Mais Futebol
Maria Coelho
Moderador
Moderador
 
Mensagens: 8174
Registado: 13 mai 2019, 23:05

{ SO_SELECT }

{ SHARE_ON_FACEBOOK } Facebook { SHARE_ON_TWITTER } Twitter { SHARE_ON_ORKUT } Orkut { SHARE_ON_MYSPACE } MySpace

Voltar para Rio Ave Futebol Clube

Quem está ligado:

Utilizador a ver este Fórum: Nenhum utilizador registado e 1 visitante