Redes Sociais

twitter facebook

João Henriques em Declarações ao Jornal A Bola

Imagem

João Henriques em Declarações ao Jornal A Bola

Mensagempor admin em 13 mai 2018, 20:50

https://www.abola.pt//img/fotos/ABOLA2015/PFERREIRA/2017/joaohenriques3.jpg

«FICO DE CONSCIÊNCIA TRANQUILA COM AQUILO QUE FOI O MEU TRABALHO»

João Henriques falou, em conferência de imprensa, após a derrota diante do Portimonense (3-1) e que ditou a despromoção do Paços de Ferreira à Segunda Liga. O técnico pacense considera que o segundo golo dos algarvios condenou o jogo.


«Tivemos oportunidades para empatar e não o fizemos. Não arriscamos e aconteceu o 2-0 que condenou as nossas intenções de jogo».


Questionado quanto ao futuro, João Henriques disse apenas que o mais importante é o futuro da equipa.


«O meu futuro pouco me importa nesta altura, o mais importante é o futuro do Paços de Ferreira. O futuro da equipa é importantíssimo, já o futuro do João Henriques é uma situação nova para mim», afirmou, sublinhando depois «Fico de consciência tranquila com aquilo que foi o meu trabalho».

In A Bola
http://upimagens.com/di/JTTA/13090357_159417107789746_613020109_n.jpg
Avatar do Utilizador
admin
Administrador
Administrador
 
Mensagens: 159406
Registado: 21 set 2011, 23:13

{ SO_SELECT }

{ SHARE_ON_FACEBOOK } Facebook { SHARE_ON_TWITTER } Twitter { SHARE_ON_ORKUT } Orkut { SHARE_ON_MYSPACE } MySpace

João Henriques: Só tenho um desejo, que o Paços regresse

Mensagempor Maria de Fátima em 13 mai 2018, 22:11

http://www.maisfutebol.iol.pt/multimedia/oratvi/multimedia/imagem/id/5adb68810cf248a37234c3a3/1024.jpg

João Henriques: «Só tenho um desejo, que o Paços regresse daqui a um ano»

Portimonense-Paços Ferreira, 3-1 (reportagem)

João Henriques, treinador do Paços Ferreira, depois da derrota frente ao Portimonense (1-3) que sentenciou a descida de divisão do clube:

«Sentimo-nos tristes, não há outra palavra. Tínhamos apenas um objetivo: manter o Paços, independentemente do resultado e do que seria necessário fazer. Entramos bem, tivemos situações para marcar e não o fizemos. O Portimonense marcou na primeira situação e isso dificultou mais a nossa tarefa daí para a frente, além da agravante da lesão do Luiz Phellype. Na segunda parte a melhor oportunidade foi nossa, pelo Pedrinho, que podia empatar, e quando arriscamos para chegar ao golo sofremos o segundo e ficou tudo mais complicado. Tivemos esperanças quando reduzimos mas o risco foi grande devido às transições do Portimonense.»

«O clube merecia continuar, o Estoril também pode dizer o mesmo e os que ficaram dizer que foi justo. Mas depois daquilo que foi um época atribulada, com 3 treinadores... Vivi os últimos 4 meses, considero que foi injusto pelas exibições e pela sorte, que não quis nada connosco. Só tenho um desejo, que o Paços regresse daqui a um ano e que estas lágrimas passem a ser de alegria. Agradecer o imenso apoio dos nossos adeptos, não foi por eles que não correu bem. É uma paixão pelo clube, 600 km num domingo, sabendo que amanhã é dia de trabalho. Quisemos estar com eles naquele momento de sofrimento. Foi difícil mas tivemos que dar a cara num reconhecimento pelo que fizeram para apoiar a equipa.»

«O clube vai ter que se reajustar à descida para um campeonato diferente, que terá que olhar de outra forma e preparar uma subida rápida. O meu futuro pouco importa nesta altura, o futuro do Paços é que é importantíssimo e é isso que vai ser discutido. É uma situação nova para mim, mas o trabalho desenvolvido nestes últimos quatro meses deixam-me de consciência tranquila, pois os pontos conquistados foram mais do que tinham sido antes. Tenho mais um ano de contrato.»

In Mais Futebol
Avatar do Utilizador
Maria de Fátima
Administrador
Administrador
 
Mensagens: 65512
Registado: 29 mar 2014, 02:39
Localização: Faro


Voltar para Futebol Clube Paços de Ferreira

Quem está ligado:

Utilizadores a ver este Fórum: Nenhum utilizador registado e 2 visitantes