Redes Sociais

twitter facebook

Rui Guimarães: Um «FC Porto de autor» em busca da glória

Rui Guimarães: Um «FC Porto de autor» em busca da glória

Mensagempor admin em 16 mai 2019, 03:02

http://www.zerozero.pt/wimg/n250466b/rui-guimaraes-um-fc-porto-de-autor-em-busca-da-gloria-europe.jpg

Rui Guimarães: Um «FC Porto de autor» em busca da glória europeia


Na antevisão da final four da Taça EHF, o zerozero falou com um dos maiores especialistas do andebol português: Rui Guimarães. Nascido há 47 anos em Moçambique, veio para o Porto com apenas três meses. É jornalista há cerca de 30 anos e está ligado ao jornal O JOGO desde 1996, onde exerce, desde 2010, as funções de sub-editor da secção das modalidades. É apaixonado por andebol, que acompanha com grande proximidade desde a entrada no jornal O FC Porto prepara-se para iniciar uma das etapas mais importantes da sua história: a final four da Taça EHF. Além disso, os portistas têm grandes hipóteses de arrecadar o Campeonato e a Taça de Portugal. Ora, tudo isto não é obra do acaso e Rui Guimarães aponta um grande ‘culpado’ deste sucesso. «Como uma vez escreveu um colega meu aqui no jornal, este é um ‘FC Porto de autor’, ou seja, é moldado pelas ideias claras de um treinador. Por isso, a ‘culpa’ é de Magnus Andersson, que monta estratégias com grande astúcia, mas também dos jogadores de qualidade de que dispõe. (…) O famoso 7x6 que o FC Porto utiliza não é um sistema fácil. É preciso ter muita certeza do que se está a fazer, uma vez que uma bola perdida, estando a baliza desguarnecida, é quase golo certo do adversário. Este sistema tem tido uma elevada taxa de sucesso, o que revela bem o mérito da estratégia e de quem a coloca em prática», afirmou. Aquela noite de 25 de novembro... O grande clique e momento-chave que fez o mundo do andebol perceber que este novo FC Porto tinha algo de especial foi, sem dúvida, o triunfo diante do SC Magdeburg. Ninguém ficou indiferente a este feito, nem o próprio Rui Guimarães.


«Mais do que sintoma, foi um momento decisivo para a equipa. Depois daquela vitória autoritária (FC Porto esteve a ganhar por 12), o grupo de trabalho percebeu que não foi obra do acaso, logo entendeu que os métodos estavam a resultar e que aquele era um caminho de sucesso. Além disso, foi um triunfo frente a um dos clubes com melhor palmarés da história do andebol e uma das melhores equipas da atualidade. Logo a seguir, derrotou o Benfica, tendo seguido um caminho, até ao momento, ímpar. (…) Na altura, fiquei espantado. Semanas depois, o João Ferraz disse, em entrevista a O JOGO, que na Alemanha foi o espanto geral», contou. Missão Kiel: A catedral do andebol O jornalista de 47 anos apontou «as estratégias de Magnus Andersson e a qualidade dos jogadores» como as grandes virtudes dos dragões, mas há ainda outra: Carlos Martingo. «Um homem que conhece bem os jogadores e o campeonato» e que é «uma ponte fundamental». Quanto aos pontos mais fracos dos azuis e brancos, «a menor experiência internacional, comparando Fuchse Berlim e Kiel» é a mais saliente. Na análise ao adversário dos portistas, Rui Guimarães destacou a experiência dos jogadores do Fuchse Berlin, contudo avisou que «tudo é possível» e o FC Porto já o demonstrou.


«É difícil apontar fraquezas a uma equipa que tem duas Taças EHF e é o atual detentor do troféu. Tem muitas soluções, muitos jogadores de qualidade e batidos nestas andanças. O Hans Lindberg, segundo melhor marcador da prova, é um bom exemplo. (…) Tudo é possível, embora já não haja fator surpresa. O FC Porto ultrapassou o SC Magdeburg, fez a fase de grupos com um pleno de vitórias e chegou à final four eliminando o Saint-Raphael, que esteve nas duas últimas final four. No entanto, creio que o FC Porto já provou que pode bater-se de igual para igual», rematou. Por fim, convidado a apontar um favorito, o jornalista d’O JOGO, escolheu o «colosso» THW Kiel. «Devido ao fator casa, sendo um colosso do andebol mundial, com três Ligas dos Campeões no palmarés, sendo, por muitos, considerado a catedral do andebol, creio que o THW Kiel é a equipa a quem se deve atribuir maior dose de favoritismo. Mas, atenção, o SC Magdeburg era outro grande candidato e foi eliminado pelo FC Porto»

Texto retirado do zerozero.pt
Avatar do Utilizador
admin
Administrador
Administrador
 
Mensagens: 216220
Registado: 21 set 2011, 23:13

{ SO_SELECT }

{ SHARE_ON_FACEBOOK } Facebook { SHARE_ON_TWITTER } Twitter { SHARE_ON_ORKUT } Orkut { SHARE_ON_MYSPACE } MySpace

Voltar para Andebol

Quem está ligado:

Utilizador a ver este Fórum: Nenhum utilizador registado e 1 visitante