Redes Sociais

twitter facebook

OPINIÃO| O melhor campeonato do mundo - Luta pela Europa

http://i63.tinypic.com/jq3m1c.jpg

OPINIÃO| O melhor campeonato do mundo - Luta pela Europa

Mensagempor admin em 08 Oct 2018, 20:15

https://www.zerozero.pt/wimg/n232520b/opiniao-o-melhor-campeonato-do-mundo-luta-pela-europa.jpg

Neste segundo grupo incluo as equipas que lutam pelos lugares intermédios do campeonato: Valongo, OC Barcelos, Juventunde de Viana, SC Tomar e HC Turquel.

VALONGO

A equipa que a seguir aos chamados grandes tem mais argumentos neste campeonato, apesar da perda de jogadores influentes ( Xavi e Poka). Continua a contar com grandes atletas e com a chegada de João Souto, Nuno Araújo e Gonçalo Pinto é sem duvida a equipa que vai causar grandes dificuldades aos candidatos.

Destaque para o grande trabalho que Miguel Viterbo e a sua equipa técnica têm feito, assente numa organização defensiva bastante pressionante e com Leonardo Pais em crescendo. Vamos ver onde consegue chegar esta equipa que mais uma vez opta por concentrar-se somente nas competições internas.

OC BARCELOS

A época passada foi de reestruturação do plantel com a perda de jogadores de referência (Luís Querido, Reinaldo Ventura e Vieirinha ) e notou-se mais ao nível do campeonato ( prova de regularidade) do que nas competições a eliminar. O OC Barcelos parte para mais uma época com a aposta nítida em jogadores jovens mas com grande futuro e que escolheram este emblema histórico para tentarem ganhar projeção para voos mais altos.

Alvarinho e Gonçalo Nunes, ambos emprestados pelo Sporting, são a face visível deste “novo” OC Barcelos, onde jogadores como Hugo Costa e Zé Pedro são preponderantes, juntamente com a mais-valia deste plantel, o guarda-redes Ricardo Silva.

Paulo Pereira vai ter um novo desafio pela frente numa equipa com valor e de grande pendor ofensivo.

JUVENTUDE de VIANA

Antes de mais, uma palavra para o André Azevedo pelo infortúnio que teve na época passada. Esta temporada, e após ter tomado conta da equipa já numa fase adiantada da época transata, o André vai iniciar a carreira de treinador ao mais nível com uma equipa onde pontifica a experiência de Tó Silva e de Luís Viana, secundados pelos já batidos Francisco Silva, Nélson Pereira e Gonçalo Suissas.

Difícil será para o André Azevedo encontrar substituto para o goleador Emanuel Garcia, que saiu para a Oliveirense. Vamos ver como conseguem os estrangeiros que foram contratar, nomeadamente o jovem Remi Herman, jogador francês de grande valia mas que vem de uma equipa onde era “rei” e de um campeonato bastante menos competitivo que o nosso.

SC TOMAR

A equipa que mais cresceu nestes últimos dois anos desde o regresso à primeira divisão. Um crescimento a todos os níveis, quer como equipa quer como clube.

Depois de uma primeira época onde causou surpresa, a época passada veio confirmar o bom trabalho feito pelo clube.
Esta época, após mudança técnica, certamente que a equipa vai continuar a mostrar o valor, assente num Diogo Alves cada vez mais maduro e a ganhar tarimba para, quem sabe, outros voos. Esta equipa manteve grande parte do plantel. Plantel esse que já tinha jogadores com grande valia, casos de Xanoca, João Sardo, Pedro Martins e o capitão Ivo Silva.

A chegada de reforços como Guilherme Silva veio dar mais consistência a um plantel já de si com grandes soluções e pronto para atacar a metade de cima da tabela classificativa, tentando subir mais uns degraus na mesma.

HC TURQUEL

Mais um ano da equipa da aldeia do hóquei na primeira divisão. Este ano há uma novidade, a era pós Marco Barros. Depois de vários anos na primeira divisão assente num guarda-redes de exceção, esta nova época vamos ver com reage o clube a essa mudança, onde grande responsabilidade terá Diogo Almeida e Samuel Santos em suprimir a ausência do “Tuga “.

Nélson Lourenço vai começar a nova época, esta desde o inicio, com o intuito de tentar a manutenção, coisa que nas duas últimas temporada tardou em ser garantida, e quem sabe olhar para cima, tentando rivalizar com OC Barcelos, Juventude de Viana e SC Tomar por lugares mais seguros.

Mantendo a espinha dorsal quase por completo, teve um percalço no defeso com a não integração de Tiago Rafael, jogador que iria dar um toque de classe nesta equipa.

Os regressos de Pedro Batista e de José Costa após terminarem a formação nos grandes de Lisboa, juntamente com o já referido Diogo Almeida, são os únicos ingressos desta equipa, na qual Vasco Luís vai ter certamente um papel determinante no desenrolar da época.

In Zero Zero
http://i68.tinypic.com/hs7r6p.jpg
Avatar do Utilizador
admin
Administrador
Administrador
 
Mensagens: 213634
Registado: 21 set 2011, 23:13

{ SO_SELECT }

{ SHARE_ON_FACEBOOK } Facebook { SHARE_ON_TWITTER } Twitter { SHARE_ON_ORKUT } Orkut { SHARE_ON_MYSPACE } MySpace

Voltar para Hóquei

Quem está ligado:

Utilizador a ver este Fórum: Nenhum utilizador registado e 1 visitante