Redes Sociais

twitter facebook

LEIXÕES PROPÕE ZONA NORTE E SUL NO PRIMEIRO ANO

LEIXÕES PROPÕE ZONA NORTE E SUL NO PRIMEIRO ANO

Mensagempor Jo@o_M@ri@ em 29 mar 2018, 09:00

https://thumbs.web.sapo.io/?epic=ZDM0FJOJ7+bJZ2E6iCLe8kIpOyO5x3sQeLXoiIwLs7cV8SfjPbQuKU/95MmJM2ZvCOloN0qwwRXzmFRgLVe7AW2nPN6OGMCu8zW2+cbFxjmuU1I=&W=800&H=0&delay_optim=1

LEIXÕES PROPÕE ZONA NORTE E SUL NO PRIMEIRO ANO DO CAMPEONATO NACIONAL DE SUB-23

Presidente da SAD clube traçou o que entende ser linhas gerais.

O Leixões, da II Liga de futebol, pretende que no primeiro ano do Campeonato Nacional Sub-23 haja Zona Norte e Zona Sul, passando para 2019/20 a distribuição em primeira e segundas divisões proposta pela Federação Portuguesa de Futebol.

Em declarações à agência Lusa, o presidente da SAD do Leixões traçou as linhas gerais de uma proposta que "será entregue, por escrito, na próxima reunião na FPF", agendada para depois da Páscoa e que decorre "da insatisfação da maioria dos clubes da II Liga", assegurou.

Segundo Paulo Lopo, a proposta da federação de criar uma primeira e segunda divisão pensada a partir da atual composição da I e II Liga "não agradou", justificando que em junho "o cenário será diferente com as subidas e descidas que vão verificar-se", numa alusão aos dois que serão despromovidos ao segundo escalão e aos dois que seguem o caminho oposto.

Afirmando ter, para já, a "concordância do Real Massamá, Oliveirense e Cova da Piedade", o líder da SAD do clube de Matosinhos entende que a futura prova "defenderia mais os interesses dos clubes formadores se seguisse a classificação das equipas que estão a disputar a fase final do campeonato nacional Sub-19".

"Assim sim, estariam a ser defendidos os interesses dos clubes formadores", sustentou o dirigente, citando como alternativa dos clubes "atualmente sem formação" para competir em Sub-23 “’roubar' aos clubes formadores os jogadores que precisariam para montar os seus plantéis".

Prevendo duas zonas com, pelo menos, 12 equipas cada, os seis melhores de cada uma das séries apurar-se-iam depois para o que seria, a partir de 2019/20, a primeira divisão, ocupando os restantes 12 o segundo escalão, sendo o campeão em 2018/19 apurando numa fase final a quatro equipas.

"Desta forma estaríamos a valorizar o mérito e não a prestar vassalagem, como parece ser o que a FPF quer fazer, aos clubes com equipas B", acusou Paulo Lopo para quem no futebol português os clubes "formadores não são, necessariamente, os que estão na I Liga".

In SapoDesporto
Avatar do Utilizador
Jo@o_M@ri@
Administrador
Administrador
 
Mensagens: 48300
Registado: 29 mai 2015, 23:37

{ SO_SELECT }

{ SHARE_ON_FACEBOOK } Facebook { SHARE_ON_TWITTER } Twitter { SHARE_ON_ORKUT } Orkut { SHARE_ON_MYSPACE } MySpace

Voltar para Futebol Nacional

Quem está ligado:

Utilizadores a ver este Fórum: Nenhum utilizador registado e 2 visitantes