Redes Sociais

twitter facebook

Seleção nacional doa parte do prémio de qualificação

Seleção nacional doa parte do prémio de qualificação

Mensagempor admin em 13 abr 2020, 14:00

https://www.zerozero.pt/wimg/n282420b/selecao-nacional-doa-parte-do-premio-de-qualificacao-para-o-.jpg

Seleção nacional doa parte do prémio de qualificação para o Euro para ajudar futebol não profissional da FPF

A seleção nacional portuguesa chegou a acordo com os seus elementos e decidiu que vai doar mais de um milhão de euros para o fundo de apoio da Federação Portuguesa de Futebol ao futebol sénior não profissional. Segundo a imprensa nacional, o valor destinado ao fundo de apoio provém do prémio de equipa pela qualificação para o Campeonato da Europa que se iria realizar em junho de 2020, tendo sido adiado para 2021. Recorde-se que o fundo de apoio foi lançado no passado dia 9 de abril, com a FPF a disponibilizar cerca de 4,7 milhões de euros para ajudar as equipas séniores não profissionais que viram todas as suas provas terminadas, sem que fossem atribuídas subidas ou descidas. Por equipas séniores não profissionais entendem-se todas as equipas que disputem as seguintes provas da FPF: Campeonato de Portugal, Liga BPI, II Divisão Nacional de Futebol Feminino, Liga Placard de futsal, II Divisão de Futsal e Campeonato Feminino. Note-se que, para ter acesso ao fundo de apoio, a FPF ditou uma série de medidas e de pré-requisitos que têm de estar cumpridos por parte dos clubes. Recorde aqui as premissas e quais os valores destinados às equipas de cada uma das competições.

Texto retirado do zerozero.pt
Avatar do Utilizador
admin
Administrador
Administrador
 
Mensagens: 269447
Registado: 21 set 2011, 23:13

{ SO_SELECT }

{ SHARE_ON_FACEBOOK } Facebook { SHARE_ON_TWITTER } Twitter { SHARE_ON_ORKUT } Orkut { SHARE_ON_MYSPACE } MySpace

SELEÇÃO DOA METADE DO PRÉMIO DO EURO-2020

Mensagempor admin em 13 abr 2020, 15:00

https://www.abola.pt//img/fotos/abola2015/SELECAO/2019/portugalsuicafestejo1.jpg

Numa altura em que todos os clubes estão a apertar o cinto e a reduzir salários com os seus plantéis, a Seleção Nacional dá um exemplo de altruísmo. Os 36 jogadores que participaram na qualificação de Portugal para o Euro-2020 (que se realizará apenas em 2021 após decisão da UEFA), equipa técnica liderada por Fernando Santos, dirigentes e restante staff decidiram abdicar de metade do prémio a que tinham direito pela qualificação para a fase final da competição.

Numa altura em que todos os clubes estão a apertar o cinto e a reduzir salários com os seus plantéis, a Seleção Nacional dá um exemplo de altruísmo. Os 36 jogadores que participaram na qualificação de Portugal para o Euro-2020 (que se realizará apenas em 2021 após decisão da UEFA), equipa técnica liderada por Fernando Santos, dirigentes e restante staff decidiram abdicar de metade do prémio a que tinham direito pela qualificação para a fase final da competição.


PUBLICIDADE ▲

30
Segundo dados recolhidos por A BOLA, esse valor é superior a um milhão de euros e terá como destino o futebol não profissional que está também sob a alçada da Federação Portuguesa de Futebol (FPF).
A verba em questão reforçará então o fundo de apoio para o futebol amador, criado pela FPF após a decisão de cancelar as competições devido à pandemia do Covid-19. Esse fundo, que já tinha aportado verbas significativas no valor de 4,6 milhões de euros foi, por via desta decisão conjunta da Seleção Nacional, aumentado em quase seis milhões de euros, que fará certamente a diferença na ajuda aos clubes que estão envolvidos nas várias competições cujo desfecho foi inevitavelmente antecipado por causa da pandemia.


Recorde-se que a decisão abrangeu o Campeonato de Portugal, a principal Liga de futebol feminino, bem como o Campeonato Nacional da II Divisão, a Liga de futsal e também o Campeonato Nacional da II divisão e o Campeonato Nacional feminino de futsal.



De referir ainda que a qualificação da Seleção Nacional para o Campeonato da Europa de 2020 rendeu aos cofres da Federação Portuguesa de Futebol cerca de 13 milhões de euros, o mesmo é dizer que o valor que estava destinado a jogadores, equipa técnica, dirigentes e restante staff era superior a dois milhões de euros.

In A Bola
Avatar do Utilizador
admin
Administrador
Administrador
 
Mensagens: 269447
Registado: 21 set 2011, 23:13


Voltar para Selecção AA

Quem está ligado:

Utilizadores a ver este Fórum: Nenhum utilizador registado e 3 visitantes